As 7 coisas que você NÃO PODE ter em seu CV e que são muito comuns

O curriculum vitae (CV) é sua carta de apresentação aos possíveis empregadores e sua importância não pode ser subestimada. Um CV bem estruturado e cuidadosamente preparado pode abrir a porta para a entrevista de emprego dos seus sonhos, enquanto um documento desleixado pode fazer com que você seja imediatamente descartado.

Apesar de sua importância, muitos candidatos cometem erros comuns que podem ser facilmente evitados. Este artigo examina sete desses erros comuns, fornecendo dicas essenciais para garantir que seu currículo se destaque pelos motivos certos.
Informações irrelevantes ou desatualizadas: limpeza necessária
Na era da informação, menos é mais. A tentação de incluir todos os detalhes de sua vida profissional em seu currículo pode ser grande, mas é fundamental resistir a ela.

Excesso de detalhes pessoais: um filtro necessário

O equilíbrio entre personalidade e profissionalismo é delicado. Embora certos interesses pessoais possam complementar seu perfil profissional ao mostrar habilidades ou qualidades transferíveis, sobrecarregar seu currículo com detalhes irrelevantes pode distrair e até mesmo alienar quem o lê. A regra de ouro é perguntar a si mesmo: Esse detalhe melhora minha candidatura para o cargo específico ao qual estou me candidatando?

Realizações acadêmicas ou profissionais anteriores: olhando para o presente

O passado pode ter moldado quem você é, mas os empregadores estão interessados em quem você é agora e no que você pode fazer pela organização deles no futuro. É fundamental que seu currículo reflita sua personalidade atual, destacando realizações recentes e habilidades relevantes para a função.

Formatação e design ruins: as primeiras impressões contam


A apresentação de seu currículo é tão importante quanto seu conteúdo. Um design desleixado ou inadequado pode desviar a atenção de suas realizações.

Uso excessivo de jargões ou termos técnicos: Clareza acima de tudo.

Demonstrar seu conhecimento especializado é importante, mas é essencial que seu currículo seja compreensível para todos os membros do processo de seleção, inclusive para os não especialistas. A clareza e a acessibilidade devem ser uma prioridade em sua apresentação.

Design muito criativo para a função: conheça seu público

A criatividade no design do seu currículo pode diferenciá-lo, mas é fundamental considerar o setor e a função específica. Um design sobrecarregado pode ser prejudicial em áreas mais conservadoras, em que a clareza e o profissionalismo prevalecem sobre a originalidade na apresentação.

Erros e omissões cruciais: pequenos detalhes, grandes impactos

Pequenos detalhes podem ter um grande impacto sobre a percepção de seu profissionalismo e atenção aos detalhes.
Erros de ortografia e gramática: um erro que pode ser evitado
Erros de ortografia e gramática são totalmente evitáveis e sugerem descuido. Uma simples etapa extra de revisão pode fazer uma grande diferença na impressão que você deixa.

Omitir resultados quantificáveis: mostrar seu impacto

Os empregadores estão procurando candidatos que não apenas cumpram as tarefas atribuídas, mas também agreguem valor à organização. As realizações quantificáveis são uma prova concreta de sua capacidade de gerar resultados positivos, tornando sua candidatura muito mais atraente.

Seu currículo como chave para o sucesso

Em resumo, seu currículo é muito mais do que um simples documento; é um reflexo de seu profissionalismo, atenção aos detalhes e adequação ao emprego desejado. Evitar esses erros comuns não só melhorará a qualidade de sua apresentação, mas também aumentará significativamente suas chances de chamar a atenção dos recrutadores e conseguir aquela cobiçada entrevista. Lembre-se de que cada seção do seu currículo é uma oportunidade de brilhar – certifique-se de que cada palavra e cada layout contem a seu favor.

10 coisas que os gestores de RH detestam

Os gestores de Recursos Humanos (RH) desempenham um papel crucial na gestão de talentos nas organizações. O seu trabalho envolve não só recrutar e reter pessoal, mas também assegurar o bem-estar e o desenvolvimento dos colaboradores. No entanto, como em qualquer cargo, há certos aspectos e comportamentos que podem dificultar o seu trabalho e, em alguns casos, levar à frustração.

A seguir, a ENEB apresenta-lhe dez aspectos que os profissionais de RH detectam frequentemente, a fim de compreender melhor como otimizar a relação entre os trabalhadores, os candidatos e estes guardiões do capital humano.

Falta de comunicação efectiva

Entre estas manifestações, as interrupções constantes surgem como uma das mais prejudiciais, pois não só perturbam a concentração, como também reflectem uma falta de respeito pelo tempo e espaço de trabalho do outro. De seguida, explicaremos como este tipo de interrupções e o desinteresse pelo feedback afectam negativamente o trabalho diário dos gestores de RH e EHR.

Interrupções constantes

Num ambiente de trabalho, a comunicação é fundamental. Os gestores de RH valorizam a capacidade de manter uma comunicação fluida e respeitosa. As interrupções constantes, quer sob a forma de telefonemas, e-mails não urgentes ou visitas inesperadas, podem ser uma grande fonte de frustração, dificultando a concentração e o trabalho eficiente.

Desinteresse pelo feedback

O feedback é uma ferramenta valiosa para o crescimento pessoal e profissional. Quando os empregados ou candidatos demonstram desinteresse pelo feedback ou pelas críticas construtivas fornecidas, isso pode ser especialmente frustrante para os gestores de RH, que procuram promover o desenvolvimento e a melhoria contínua.

Problemas com o processo de recrutamento

Dentro do espetro de desafios enfrentados pelos gestores de RH, o processo de recrutamento assume um lugar de destaque, dada a sua complexidade e importância crítica para o sucesso organizacional. Este processo é particularmente afetado por dois problemas comuns que podem comprometer a sua eficácia: candidatos mal preparados e currículos exagerados.

Candidatos mal preparados

A preparação é fundamental em qualquer processo de seleção. Os gestores de RH detestam encontrar candidatos que não dedicaram tempo a pesquisar a empresa ou o cargo a que se estão a candidatar, demonstrando falta de interesse ou de empenho.

Exageros nos CVs

A honestidade nas informações fornecidas é crucial. Os CV exagerados ou enganosos não só dificultam o processo de seleção, como também põem em causa a integridade do candidato, algo que os profissionais de RH valorizam muito.

Falta de empenhamento e de profissionalismo

A falta de empenho e profissionalismo representa um dos maiores desafios para os gestores de RH, uma vez que afecta diretamente a cultura e o desempenho da organização. Estes problemas manifestam-se de várias formas, mas duas das mais prejudiciais são

Ausências injustificadas

O empenhamento e a responsabilidade são qualidades muito valorizadas. As ausências injustificadas repetidas não só afectam a dinâmica de trabalho, como também aumentam a carga sobre o resto da equipa, criando um ambiente de trabalho negativo.

Resistência à mudança

O mundo dos negócios está em constante evolução e a adaptabilidade é essencial. Os trabalhadores que resistem à mudança e não estão dispostos a aprender ou a adaptar-se a novas metodologias podem levar à estagnação do crescimento e desenvolvimento organizacional.

Prós e contras de usar o GPT Chat para escrever seus artigos

A utilização de tecnologias de inteligência artificial, como o ChatGPT, para escrever trabalhos académicos, artigos e outros documentos ganhou popularidade devido à sua capacidade de gerar textos coerentes e relevantes numa questão de segundos. 

Aqui estão os prós e os contras da utilização da inteligência artificial para estas tarefas:

Consideramos os Prós

– Eficiência e rapidez: o ChatGPT consegue gerar texto rapidamente, o que é particularmente útil quando se está perante prazos apertados. Isto permite que os utilizadores se concentrem em rever e melhorar o conteúdo, em vez de passarem horas na redação inicial.

– Disponibilidade de conhecimentos especializados: Com uma extensa base de dados, o ChatGPT pode fornecer informações sobre uma grande variedade de tópicos, o que o torna uma ferramenta útil para a pesquisa inicial ou para obter uma compreensão básica de um tópico desconhecido.

– Melhoria da escrita: Para aqueles que têm dificuldades com a escrita, o ChatGPT pode servir como um tutor virtual, ajudando a melhorar a estrutura, a gramática e a coerência dos seus textos.

– Inspiração criativa: Ao gerar novas ideias e abordagens para vários tópicos, o ChatGPT pode ser uma fonte de inspiração para ultrapassar o bloqueio de escrita ou para explorar novas perspectivas sobre um tópico.

Consideramos os contras.

– Falta de personalização e autenticidade: embora o ChatGPT seja capaz de gerar texto sobre uma vasta gama de tópicos, pode faltar-lhe a voz única e as experiências pessoais que um autor humano pode trazer para um trabalho, resultando num conteúdo que pode ser visto como genérico ou impessoal.

– Exatidão das informações: apesar do seu vasto conhecimento, o ChatGPT pode gerar informações desactualizadas ou inexactas. Isto exige que os utilizadores verifiquem cuidadosamente os dados e as referências fornecidas.

– Dependência da tecnologia: A utilização excessiva de ferramentas como o ChatGPT para escrever pode levar à dependência da tecnologia, diminuindo as capacidades de escrita e de pensamento crítico dos utilizadores a longo prazo.

– Questões éticas e de integridade académica: A utilização de IA para gerar trabalhos académicos levanta questões sobre a originalidade e a integridade. As instituições de ensino podem considerar a utilização destes textos como uma forma de plágio ou de desonestidade académica.

O ChatGPT apresenta inúmeras vantagens como auxiliar de escrita, oferecendo eficiência e acessibilidade a uma vasta gama de informações. No entanto, é essencial ter consciência das suas limitações, especialmente no que diz respeito à exatidão da informação e a questões éticas. 

Os utilizadores devem considerar o ChatGPT como um complemento às suas capacidades de escrita e de pensamento crítico, e não como um substituto. A verificação da informação e a personalização do conteúdo gerado são passos essenciais para garantir que os trabalhos finais são exactos, autênticos e cumprem as normas éticas.

Desmascarando 5 mitos sobre a educação on-line

Num mundo cada vez mais digitalizado, o ensino em linha afirmou-se como uma alternativa viável e eficaz ao ensino presencial tradicional. No entanto, ainda existem alguns mitos que obscurecem a realidade desta modalidade de aprendizagem. 

Hoje, com o apoio da nossa experiência na ENEB, European Business School Barcelona, desmistificamos cinco dos mitos mais comuns sobre o ensino em linha.

1. O ensino em linha é de menor qualidade do que o ensino presencial

Mito: Muitos acreditam que os programas de ensino à distância não têm o rigor e a profundidade dos seus congéneres presenciais.

Realidade: A qualidade do ensino em linha não só é igual, como, em muitos casos, ultrapassa a do ensino tradicional. Instituições como a ENEB garantem uma formação de elevado desempenho, com programas concebidos por professores experientes e líderes na sua área. A modalidade online permite que os conteúdos sejam constantemente actualizados para os adaptar às necessidades actuais do mercado de trabalho.

2. Falta de interação no ensino em linha

Mito: Pensa-se que o estudo em linha é um processo solitário, sem oportunidades de interação com colegas ou professores.

Realidade: A tecnologia facilita uma grande variedade de ferramentas de comunicação e colaboração. No ENEB, por exemplo, a interação constante é incentivada através de fóruns, chats em tempo real e videoconferências, permitindo uma experiência de aprendizagem colaborativa e enriquecedora.

3. Os diplomas on-line não são valorizados pelos empregadores

Mito: Existe a convicção de que os diplomas obtidos em linha não são tão valorizados pelos empregadores como os obtidos presencialmente.

Realidade: A perceção do ensino em linha evoluiu significativamente. Atualmente, os empregadores de todo o mundo reconhecem e valorizam a autodisciplina, a gestão do tempo e a adaptabilidade que os diplomados dos programas em linha demonstram. Instituições como a ENEB oferecem diplomas reconhecidos internacionalmente, incluindo a possibilidade de obter a Apostila de Haia, o que reforça a sua validade global. 

4. O ensino em linha é mais fácil do que o ensino presencial

Mito: Parte-se do princípio de que os cursos em linha são mais fáceis ou exigem menos esforço para serem concluídos.

Realidade: O ensino em linha exige um elevado grau de autodisciplina e uma gestão eficaz do tempo. Os programas ENEB foram concebidos para serem exigentes e proporcionarem um ensino rigoroso, comparável à formação presencial. Os estudantes são obrigados a seguir os mesmos padrões académicos e profissionais.

5. O ensino em linha é só para autodidactas

Mito: Algumas pessoas pensam que apenas as pessoas com fortes capacidades de auto-gestão podem ter sucesso no ensino em linha.

Realidade: Embora a autogestão seja uma competência valiosa, o ensino em linha em instituições como a ENEB foi concebido para apoiar todos os estudantes. Isto inclui o acesso a tutores, aconselhamento académico e uma vasta gama de recursos de aprendizagem. A estrutura e os recursos disponíveis facilitam a aprendizagem de estudantes com estilos e capacidades diferentes.

Em conclusão, o ensino em linha oferece uma alternativa flexível, acessível e de elevada qualidade para quem procura progredir na sua educação e carreira. Mitos à parte, a realidade é que esta modalidade de aprendizagem se estabeleceu como uma opção igualmente legítima e eficaz ao ensino presencial tradicional, adaptando-se às exigências e necessidades do mundo atual.

Quadro de visão: O que é e como fazer?

O conceito de “Quadro de Visão Empresarial” centra-se na criação de uma representação visual dos objectivos e aspirações de uma empresa. Semelhante a um quadro de visão pessoal, este quadro de visão empresarial é uma ferramenta poderosa para visualizar e concretizar os objectivos a longo prazo de uma organização. É utilizado para inspirar e motivar a equipa, mantendo um foco claro no que a empresa pretende alcançar.

Elementos-chave

Para criar um quadro de visão empresarial eficaz, é essencial incluir determinados elementos-chave:

Objectivos estratégicos

Deve incluir os principais objectivos da empresa, como a expansão do mercado, a inovação de produtos ou a liderança em termos de sustentabilidade. Estes objectivos devem ser específicos, mensuráveis e realizáveis.

Inspiração e motivação

Incorpore elementos que inspirem e motivem a equipa. Isto pode incluir citações de líderes empresariais, imagens representativas do sucesso empresarial ou gráficos que denotem crescimento e progresso.

Cultura e valores da empresa

É essencial que o quadro reflicta os valores e a cultura da empresa. Pode incluir imagens e palavras que representem esses valores, como integridade, inovação ou trabalho de equipa.

Visão a longo prazo

Deve refletir a visão a longo prazo da empresa. Pode incluir objectivos para 5 ou 10 anos e a forma como a empresa prevê o seu futuro.

Envolvimento da equipa

O envolvimento da equipa na criação do painel de controlo incentiva o empenho e a apropriação dos objectivos empresariais. Cada membro pode contribuir com as suas ideias e visões para o futuro da empresa.

Benefícios

Um quadro de visão empresarial é uma ferramenta poderosa que serve como representação visual dos seus objectivos e aspirações no mundo dos negócios. A sua utilização traz múltiplos benefícios:

  • Clareza: Proporciona uma representação visual clara do rumo que a empresa está a tomar.
  • Motivação: Inspira e motiva a equipa a trabalhar em prol de objectivos comuns.
  • Foco: Ajuda a manter o foco nos objectivos a longo prazo, evitando distracções.
  • Colaboração: Incentiva um sentido de propriedade e colaboração entre os membros da equipa.

A implementação de um quadro de visão no ambiente empresarial pode ser uma estratégia poderosa para alinhar a equipa com a missão e a visão da empresa, garantindo que todos trabalham em conjunto para um futuro comum e de sucesso.

Que departamentos da empresa o devem fazer?

Os quadros de visão são particularmente valiosos para certos departamentos de uma empresa devido ao seu papel no planeamento estratégico e na execução de objectivos. Eis alguns dos principais departamentos que beneficiariam muito com os quadros de visão:

Marketing e vendas

Estas equipas beneficiam da visualização de estratégias de mercado, lançamentos de produtos e objectivos de vendas. Um quadro de visão ajuda-as a manterem-se alinhadas com os objectivos da marca e as estratégias de crescimento. Nos nossos programas nesta área, os estudantes desenvolvem as competências necessárias para tirar partido dos mesmos: Mestrado em Gestão de Vendas e Marketing, Duplo Mestrado em Gestão de Vendas e Marketing e Negócios Digitais.

Departamento de desenvolvimento de produtos

No departamento de desenvolvimento de produtos, um quadro de visão pode ser uma ferramenta crucial para manter a inovação e a criatividade alinhadas com os objectivos e as necessidades do mercado.

Departamento de Recursos Humanos

Para os RH, um quadro de visão pode ajudar a visualizar e promover a cultura da empresa, os objectivos de desenvolvimento de talentos e as estratégias de retenção de colaboradores.

Departamento de gestão executiva

Os líderes empresariais podem utilizar os quadros de visão para manter uma visão clara da direção estratégica da empresa, assegurando que todas as decisões e políticas estão alinhadas com a visão a longo prazo.

A implementação de quadros de visão nestes departamentos pode resultar numa maior coesão entre as equipas, numa comunicação mais eficaz dos objectivos e numa execução mais eficiente das estratégias. É uma forma visual e cativante de manter todos na empresa concentrados e alinhados com a visão global.

Mudar de emprego é uma coisa boa?

Num ambiente de trabalho em rápida mutação, a reinvenção profissional tornou-se uma constante. A decisão de mudar de sector de trabalho pode ser tanto uma estratégia de sobrevivência como uma busca de realização pessoal. 

Esta mudança, no entanto, traz consigo uma série de considerações importantes, desde o impacto na carreira até às implicações na vida pessoal. Vamos analisar mais de perto os prós, os contras e as estratégias para navegar com sucesso nesta mudança.

Vantagens da mudança de sector de atividade

Para além das oportunidades de crescimento pessoal e profissional, de uma maior satisfação no trabalho, de melhores condições salariais e do desenvolvimento de uma adaptabilidade e resiliência notáveis, a mudança de sector pode também oferecer vantagens como

Alargamento de horizontes.

Uma mudança de sector pode ser uma porta de entrada para a exploração de novos horizontes, oferecendo a oportunidade de trabalhar em áreas que antes pareciam inacessíveis ou desconhecidas. Esta transição pode revitalizar a carreira de um profissional, proporcionando um novo sentido de objetivo e direção.

Flexibilidade e adaptabilidade

Num mercado de trabalho que valoriza cada vez mais a diversidade de experiências, a mudança de sector pode demonstrar uma capacidade única de adaptação a diferentes ambientes e desafios. Esta flexibilidade é uma qualidade inestimável na era atual, em que a mudança é a única constante.

Reduzir o esgotamento

O esgotamento é uma realidade em muitos sectores, especialmente naqueles com elevadas exigências e stress. Mudar para um sector com um ritmo diferente ou uma cultura mais alinhada com as necessidades pessoais pode ser um antídoto eficaz contra o esgotamento.

Desafios e como os ultrapassar

Mudar de sector de emprego apresenta um conjunto único de desafios que, à partida, podem parecer assustadores. No entanto, com a estratégia correcta e uma mentalidade positiva, estes obstáculos podem ser ultrapassados, permitindo uma transição bem sucedida para novas oportunidades de carreira.

Enfrentar a incerteza

O medo do desconhecido é um dos maiores desafios quando se muda de sector. Ultrapassar este medo requer uma combinação de investigação exaustiva, planeamento detalhado e, acima de tudo, uma mentalidade aberta e resiliente.

Construir uma nova rede

Uma rede profissional forte é crucial para o sucesso em qualquer sector. Quando se muda de área, é essencial dedicar tempo e esforço à criação de novas ligações que possam oferecer apoio, orientação e oportunidades.

Reciclagem e aprendizagem ao longo da vida

Investir na educação e na formação é muitas vezes necessário para facilitar uma mudança de sector bem sucedida. Esta pode ir desde cursos de curta duração a certificações profissionais ou mesmo a um diploma avançado, dependendo das exigências do novo sector.

Estratégias para uma mudança bem sucedida

Autoavaliação aprofundada

Antes de qualquer mudança, é vital efetuar uma autoavaliação para compreender as paixões, competências e valores de cada um. Esta introspeção pode orientar a decisão para um sector que não só ofereça oportunidades de crescimento, como também esteja em harmonia com o que se valoriza e aprecia.

Investigação e trabalho em rede

É essencial ter um conhecimento profundo do novo sector, incluindo as tendências actuais, as competências mais procuradas e os principais intervenientes. Além disso, o contacto com profissionais do sector através de eventos, associações ou plataformas em linha pode oferecer informações valiosas e abrir portas a novas oportunidades.

Preparar-se para o sacrifício

É importante estar preparado para possíveis sacrifícios iniciais, como uma redução do salário ou do estatuto, enquanto se ganha experiência na nova área. Manter uma perspetiva de longo prazo ajuda a enfrentar estes desafios com paciência e determinação.

Testemunhos de mudança de sector

A inclusão de histórias reais de pessoas que mudaram de sector com sucesso pode inspirar e oferecer lições práticas a outros que estejam a considerar uma transição semelhante. Desde profissionais que passaram da tecnologia para o ensino, até aos que trocaram carreiras empresariais pelo empreendedorismo, estas histórias destacam os desafios, as estratégias e as recompensas de uma tal mudança.

Mudar de sector de carreira é uma decisão complexa com implicações significativas. No entanto, com a preparação correcta, o apoio certo e uma mentalidade resiliente, pode ser o início de uma nova carreira excitante e gratificante.

5 factos que não sabia sobre a IA

A inteligência artificial (IA) é uma das áreas tecnológicas em mais rápida evolução que está a redefinir o panorama da inovação em inúmeros sectores. Embora muitos estejam familiarizados com os conceitos básicos de IA, existem vários aspectos surpreendentes e menos conhecidos. 

Com este artigo do ENEB, vai descobrir cinco factos fascinantes sobre a inteligência artificial que o podem surpreender.

1. origens históricas da IA

A ideia de máquinas inteligentes é muito mais antiga do que a maioria das pessoas imagina.

Os primeiros passos no século XX

Embora a IA, tal como a conhecemos hoje, tenha começado a desenvolver-se na década de 1950, as suas raízes conceptuais remontam ao início do século XX. Até filósofos como Aristóteles e lógicos como George Boole lançaram as bases teóricas que acabariam por conduzir ao desenvolvimento da IA.

2. a IA e a criatividade artística

A inteligência artificial não se limita a tarefas lógicas ou matemáticas; também se aventurou no domínio da criatividade.

Geração de arte e música

Contrariamente à crença popular de que a IA só é capaz de realizar tarefas baseadas em regras, foram criados sistemas de IA para compor música, criar obras de arte e até escrever poesia. Este facto desafia o nosso entendimento tradicional da criatividade como uma qualidade exclusivamente humana. 

3. Impacto ambiental da IA

A inteligência artificial tem um impacto significativo no ambiente, algo que é frequentemente ignorado.

O custo energético do treino da IA

O processo de treino dos modelos de IA mais avançados pode consumir uma quantidade considerável de energia, por vezes equivalente ao consumo anual de energia de pequenas cidades. Este facto levanta questões importantes sobre a sustentabilidade e a eficiência energética no domínio da IA. 

4. A IA na natureza

A IA não se destina apenas a laboratórios e escritórios; tem aplicações surpreendentes no mundo natural.

Monitorização e conservação do ambiente

Os sistemas de IA estão a ser cada vez mais utilizados em projectos de monitorização ambiental e de conservação da vida selvagem. Podem analisar grandes conjuntos de dados, desde padrões meteorológicos a movimentos de animais, ajudando nos esforços de conservação e na luta contra as alterações climáticas.

5. IA e ética

A inteligência artificial levanta questões éticas únicas e difíceis.

Decisões morais e preconceitos

Desde as decisões morais nos veículos autónomos até ao risco de enviesamento no tratamento de dados, a IA confronta-nos com dilemas éticos sem precedentes na história tecnológica. A forma como enfrentarmos estes desafios definirá o futuro da IA e a sua integração na sociedade.

A inteligência artificial é muito mais do que uma ferramenta tecnológica; é um domínio em constante evolução que levanta questões sobre a nossa relação com a tecnologia, a criatividade, o ambiente e a ética. 

Com cada avanço da IA, não só expandimos as nossas capacidades tecnológicas, como também a nossa compreensão do que significa ser humano numa era cada vez mais digitalizada. 

À medida que continuamos a explorar e a desenvolver estas tecnologias, é crucial manter uma perspetiva informada e consciente sobre os aspectos menos conhecidos e mais profundos da inteligência artificial.

Gestão de activos na era atual: principais desafios e estratégias

No mundo dinâmico de hoje, a gestão de activos enfrenta desafios únicos e oportunidades interessantes. Este artigo da ENEB explora a forma como os gestores de activos podem navegar com sucesso no cenário económico e tecnológico em mudança, utilizando estratégias inovadoras e adaptativas.

Adaptação à economia global em mudança

A globalização teve um impacto profundo na gestão de activos. Com os mercados financeiros mais interligados do que nunca, os gestores devem ser astutos na compreensão das tendências globais e da sua influência nos activos locais e regionais. É essencial manter-se informado sobre os acontecimentos internacionais e o seu potencial impacto nos mercados.

Adaptar-se à economia global em mudança

A globalização teve um impacto profundo na gestão de activos. Com os mercados financeiros mais interligados do que nunca, os gestores devem ser astutos na compreensão das tendências globais e da sua influência nos activos locais e regionais. É essencial manter-se informado sobre os acontecimentos internacionais e o seu potencial impacto nos mercados.

O papel crucial da tecnologia na gestão de activos

A tecnologia revolucionou a gestão de activos, oferecendo novas ferramentas de análise, previsão e gestão de riscos. A Inteligência Artificial e o Big Data estão a permitir que os gestores tomem decisões mais informadas e atempadas. A adoção destas tecnologias é crucial para manter uma vantagem competitiva.

Estratégias de investimento num mundo pós-pandémico

A recente pandemia mundial alterou os padrões de investimento e de consumo, criando novos sectores de investimento e deslocando outros. Os gestores de activos devem ser ágeis para identificar e capitalizar estas novas oportunidades, bem como para atenuar os riscos associados aos sectores em declínio.

Sustentabilidade e gestão de activos

A sustentabilidade tornou-se um fator-chave na tomada de decisões de investimento. Os investidores estão cada vez mais interessados na forma como as empresas abordam as questões sociais e ambientais. A integração de critérios de sustentabilidade na estratégia de gestão de activos não só é ética, como também pode melhorar o desempenho a longo prazo.

Desafios regulamentares e de conformidade

O ambiente regulamentar para a gestão de activos está em constante evolução. Manter-se atualizado em relação aos regulamentos locais e internacionais e garantir a conformidade é essencial para evitar sanções e preservar a reputação.

Preparar os líderes do futuro

Na ENEB, compreendemos a importância de preparar os líderes empresariais para estes desafios. Os nossos programas não só ensinam os fundamentos da gestão de activos, mas também enfatizam a importância da adaptabilidade e da inovação num mundo financeiro em constante mudança. Dotamos os nossos alunos das competências e dos conhecimentos necessários para liderar com sucesso a área da gestão de activos, em qualquer ambiente económico ou tecnológico que possam enfrentar.

Resiliência empresarial: o que os empresários podem aprender com a história e a tradição do Carnaval

A resiliência empresarial é essencial para navegar no turbulento mundo dos negócios. Olhar para a história e a tradição do Carnaval pode proporcionar uma visão única sobre como construir empresas fortes e adaptáveis. 

A ENEB quer dar-lhe a conhecer estas lições, ligando a rica história do Carnaval a estratégias empresariais modernas, por isso vamos começar.

Compreender a resiliência através do Carnaval

O Carnaval, com a sua alegria e cor transbordantes, oferece mais do que entretenimento. Incorpora lições de adaptabilidade, inovação e comunidade que são aplicáveis ao mundo dos negócios.

História e significado do Carnaval

Antes de nos debruçarmos sobre as lições específicas que o Carnaval oferece, é importante compreender a sua origem e evolução. Esta festa não só celebra a vida com a sua alegria exuberante, como também tem demonstrado uma capacidade notável de adaptação e sobrevivência ao longo dos séculos.

Lições de adaptabilidade e criatividade

O Carnaval ensina-nos a importância de sermos flexíveis e criativos. Através da sua constante evolução, este festival mostra como se adaptar à mudança sem perder a sua essência, uma competência inestimável para os empresários no atual ambiente empresarial dinâmico. 

Aplicar as lições do Carnaval no empreendedorismo

Para além dos desfiles e das fantasias, o Carnaval oferece lições profundas sobre como construir e manter empresas resilientes.

Resiliência perante a adversidade

O Carnaval tem enfrentado desafios históricos, desde epidemias a proibições, e ainda assim tem prosperado. Esta capacidade de superar as adversidades é essencial para os empresários que procuram construir negócios sustentáveis a longo prazo.

A importância da comunidade

Um dos maiores pontos fortes do Carnaval é o seu foco na comunidade. Esta secção destaca como o espírito de colaboração e apoio mútuo do Carnaval pode servir de modelo para a construção de uma cultura empresarial forte e resistente.

Estratégias para promover a resiliência empresarial inspiradas no Carnaval

As seguintes estratégias são inspiradas nas práticas e filosofias que mantiveram o Carnaval vibrante ao longo dos anos, fornecendo uma estrutura para a resiliência empresarial.

Promover a inovação contínua

A reinvenção constante do Carnival sublinha a importância da inovação nos negócios. Esta secção explora a forma como as empresas podem manter-se competitivas e relevantes através da promoção de um ambiente que valorize e promova a inovação contínua.

Construir e manter a flexibilidade operacional

A flexibilidade e a adaptabilidade são fundamentais para a sobrevivência do Carnaval e podem ser aplicadas igualmente bem a nível empresarial. Aqui discutimos como as empresas podem desenvolver flexibilidade operacional para enfrentar desafios inesperados.

Celebrar a diversidade e a inclusão

O Carnaval é uma prova do poder da diversidade e da inclusão. Esta secção abordará a forma como a incorporação destes valores na cultura empresarial pode enriquecer a inovação e a resiliência de uma empresa. 

Resiliência empresarial inspirada no Carnaval

O Carnaval, com a sua rica história de adaptabilidade, inovação e comunidade, oferece lições valiosas para os empresários. 

Ao aplicar estes princípios, as empresas podem não só sobreviver a tempos difíceis, mas também prosperar e celebrar o sucesso num mundo em constante mudança, tal como o Carnaval tem feito ao longo da história.

Elevator Pitch: o que é e como o aperfeiçoar?

Elevator Pitch: o que é e como o aperfeiçoar?

No mundo dinâmico dos negócios, causar uma impressão memorável num curto espaço de tempo pode ser a chave para o sucesso. É aqui que entra em jogo o conceito de elevator pitch. Neste artigo, o ENEB explora o que é um elevator pitch, a sua relevância no domínio profissional e dá dicas práticas para aperfeiçoar esta competência essencial.

O que é um elevator pitch?

Um elevator pitch é um discurso curto e persuasivo utilizado para despertar o interesse pela oferta da sua empresa, produto ou ideia. O termo vem da ideia de encontrar alguém importante num elevador e ter apenas o tempo dessa curta viagem para apresentar a sua ideia de uma forma convincente.

Elementos-chave de um discurso de elevador eficaz

Nesta secção, vamos analisar os componentes essenciais que tornam um discurso de elevador impactante e memorável.

Clareza e concisão

Um bom elevator pitch é claro e direto. Deve ser capaz de explicar a sua proposta de valor de forma simples e em menos de um minuto.

Persuasão e paixão

Transmita o seu entusiasmo e paixão. Uma apresentação convincente é aquela que demonstra o seu empenho e crença no que está a oferecer.

Objetivo e apelo à ação

Defina claramente o que procura: uma reunião, um investimento, uma parceria. Termine com um apelo à ação que convide o seu interlocutor a dar o passo seguinte.

Dicas para aperfeiçoar o seu discurso de elevador

Aqui oferecemos dicas práticas para melhorar a sua capacidade de criar e apresentar um discurso de elevador bem sucedido:

  • Personalização e adaptação: Adapte o seu discurso ao seu público. Personalizar a sua mensagem de acordo com a pessoa com quem está a falar pode fazer uma grande diferença.
  • Prática e feedback: Pratique o seu discurso repetidamente. Procure obter feedback de colegas ou mentores para aperfeiçoar a sua abordagem.
  • Histórias e exemplos: Utilize histórias ou exemplos para ilustrar a sua mensagem. Isto torna a sua apresentação mais cativante e memorável.
  • Prepare-se para as perguntas: Esteja preparado para responder a perguntas. Uma boa apresentação conduz frequentemente a um diálogo mais profundo.

Diploma de Especialização em Inovação e Gestão de Projectos da ENEB

Na ENEB, compreendemos a importância de uma comunicação eficaz no mundo dos negócios. Por isso, todos os nossos programas têm as ferramentas necessárias para que os nossos alunos desenvolvam as suas capacidades de comunicação e sejam capazes de desenvolver um elevator pitch que não só apresente a sua ideia, mas também abra portas a novas oportunidades. Um empresário de sucesso precisa não só de uma grande ideia, mas também da capacidade de a comunicar eficazmente.

É por isso que, ao concluírem um programa ENEB, os licenciados, para além do seu Mestrado e do Certificado do Programa de Inglês Comercial, obtêm um Diploma de Especialização em Inovação e Gestão de Projectos, porque durante a sua formação na escola aprendem a funcionar em qualquer ambiente e a apresentar as suas ideias da melhor forma possível.
Aprender a fornecer uma orientação abrangente sobre como criar e apresentar um elevator pitch eficaz é fundamental no mundo dos negócios para causar uma impressão memorável num curto espaço de tempo. O ENEB incentiva e ensina todas as técnicas para uma comunicação empresarial eficaz e prepara os seus alunos para enfrentar com êxito estes desafios.